quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Eterno Voltar




No vento, na onda, no rio, no mar; na terra, a vida a respirar.
Vidas que vão, vidas que vêm.
Vidas no cio,  vidas no frio, no brilho do luar.
Vidas que se somam num eterno multiplicar
Vidas que nascem, vidas que morrem... Vidas que nasce, num  infinito voltar 


Nenhum comentário: