segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Sonho


No universo dos sonhos rostos perdidos  surgem na imensidão do tempo.  Alguns, com olhos brilhantes destacados na penumbra, sorriem; outros parecem indiferentes, e  num terceiro quadrante alguns simplesmente só observam sem nada esboçar.  Esses desapareceram na mesma velocidade que apareceram.



domingo, 8 de janeiro de 2017

SEM NEXO


Palavra 
sem nexo rimada com sexo,
Sem sexo,
Sem nexo,
tenta engravidar o ar que respiro na esperança de gerar poesia

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

O grande segredo


(Elson Araújo )

É preciso ser forte para enfrentar as intempéries que aparecem ao longo da nossa existência terrena. Viver não é para os fracos! O poeta Gonçalves  Dias, já dizia isso no célebre Canção dos Tamoios que   “ A  vida é combate que os fracos abate, que os fortes, os bravos só pode exaltar”.  Por isso, surge a necessidade de um cuidado todo especial com esse viver: a busca permanente  pelo equilíbrio. Esse é um dos grandes segredos da vida, vital para nossa efêmera passagem por essa Terra.

É nesse “santo graal”  chamado  equilíbrio  que tem morada a fortaleza dos fortes. Sem ele, o inferno e seus demônios tendem a se aproximar para fazer dos homens prisioneiros, portanto, buscar esse equilíbrio tornou-se sociedade moderna um dever para aqueles que querem viver bem e, mais do que isso, alcançando-o  o igual dever de  influenciar ecologicamente o ambiente em que se vive  para que outros também se beneficiem dele.

Jesus nos ensina que devemos buscar primeiro o reino do Céu e o mais nos será acrescentado; numa reinterpretação livre de sua palavra pode-se dizer que  nesse mundo louco no qual vivemos hoje poderíamos entender o reino do Céu , humanamente falando,  como o “ponto de equilíbrio” para vivermos em paz conosco, com nossos semelhantes e com o resto do mundo. O equilíbrio, sem dúvida, é a inicial de todas as nossas conquistas.

Uma força superior, além da compreensão, parece o tempo todo testar  nossos dons e limites a ponto de, às vezes, atingir a tênue linha da nossa sanidade.  A benção é que, inconscientemente, fomos capacitados para resistir aos ventos e tempestades; ciclones e furacões. É dessa capacidade de resistência que nasce a necessidade da busca pelo   equilíbrio .