quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A força de uma lágrima

A lágrima que queima o rosto é a mesma que alivia e refrigera a Alma.

A lágrima que faz chorar é a mesma que faz sorrir.
A lágrima que repele é a mesma que seduz.

A lágrima que chora o ódio é a mesma que chora o amor.

A lágrima que enfraquece é a mesma que fortalece.

A lágrima que repele é a mesma que seduz.

Uma lágrima, O ser, O humano...
Um homem, uma mulher ...Vidas, sangue, emoção.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Sangue, Terra, saga


Sangue derramado na areia e no asfalto;
Corpos tombados, no campo e na cidade
Vidas destruídas, histórias interrompidas.
O sangue viaja, entranha, engravida, a Terra.

Um grito,
Um parto,
Um vale de lágrimas

A Terra pari a dor.
Não ri, chora a chegada prematura de mais um filho.

A Terra Grita, a Terra  chora

Não era agora,

Não era a hora.

 Por favor,  deixe a vida viver.