domingo, 25 de julho de 2010

Ave, Rio Balsas

Sambaíba é uma pequena cidade distante 20 quilômetros de São Raimundo das Mangabeiras, região das chapadas da mesa (sul do Maranhão).

Mangabeira é uma cidade acolhedora, limpa, entrecortada pelo Rio Neves e pelo Riacho Cachoeiro, de onde a população toma água e que,  visivelmente,  já sofre   com a degradação ambiental.  Sem dúvida, uma ameaça ao futuro da cidade e, o  pior: ninguém faz nada para evitar.

Mas, voltando a Sambaíba.  A cidade chama atenção pela paisagem de cerrado, decorada por uma imensa serra, a encantadora  Serra da Sambaíba,  que é margeada pelo Rio Balsas e que, literalmente enche os olhos de quem tem a oportunidade de conhece-la. Quem visita o lugar fica de fato, encantado com a serra e com o rio.

As linhas abaixo traduzem para você, que encontrou esse cantinho, a beleza daquele  rio


Ode ao Rio Balsas

Ave,  sagrados ventos que passam e abençoam o Rio Balsas, que vivo, morre no Parnaíba que vai parar no meio do mar.

Abençoado sejam Balsas, Sambaíba, São Félix e Loreto...Ave. Balsas, o Rio Parnaíba, rio grande, o velho monge do Brasil.

2 comentários:

André disse...

Realmente você tem razão nós devemos nos preocupar com a naturesa, este Maranhão não é só rico como élindo abç. André Gomes

Margaret disse...

QUERIDO ELSON, ADOREI SEU TEXTO SOBRE OS RIOS, REALMENTE A MAIOR RIQUEZA QUE TEMOS ESTÁ FICANDO MAIS DIFÍCIL, PELO DESCASO NÃO SÓ DAS AUTORIDADES, MAS DA CONSCIENCIA DE CADA UM EM CUIDAR E FAZER A SUA PARTE, NÃO JOGAR LIXO NOS RIOS E NEM DESMATAR SUAS MARGENS E NINGUÉM ESTÁ PREOCUPADO COM ISSO.INFELIZMENTE!
Bjs!
Margaret Valente