quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A força de uma lágrima

A lágrima que queima o rosto é a mesma que alivia e refrigera a Alma.

A lágrima que faz chorar é a mesma que faz sorrir.
A lágrima que repele é a mesma que seduz.

A lágrima que chora o ódio é a mesma que chora o amor.

A lágrima que enfraquece é a mesma que fortalece.

A lágrima que repele é a mesma que seduz.

Uma lágrima, O ser, O humano...
Um homem, uma mulher ...Vidas, sangue, emoção.

2 comentários:

concita disse...

Amo suas poemas Elson, falam fundo a alma..beijoss!!

raquel disse...

Maravilhoso!