terça-feira, 26 de novembro de 2013

TAÇA




Na taça de sangue cai.
Sufocado,  com dificuldade de respirar fiquei.
A taça era grande e dela não pude sair.
Sufocado continuei.
Tentei sair,
gritei,
Ninguém ouviu.
Sorvi então todo o sangue,

Sobrevivi.

2 comentários:

FRANCISCO DIAS disse...

Parabéns pelo blog, pelo talento e pelas criações. Ah, também sou maranhense.

ZZ

elson mesquita disse...

Obrigado, amigo.
Uma leitura, um comentário, funcionam como um incentivo.

Valeu a visita.
Um forte abraço e feliz Ano Novo.